02 novembro 2013

Homens odeiam mulheres SUBJETIVAS



Os homens vivem tentando entender as mulheres de alguma forma, mas a subjetividade de algumas delas os deixa profundamente irritados. Eles reclamam muito de que têm de “adivinhar” o que elas estão pensando, que quando isso não acontece, ficam emburradas, chateadas, num canto, e ainda acham que têm razão.
“Isso pode ser destrutivo, estremece a relação.” É o que garante o administrador de imóveis Rogério da Silva, de 39 anos.
“Elas acham mesmo que temos o dom da telepatia”, brinca. “Odeio quando tenho que ficar bajulando uma mulher por causa desse comportamento dela”, diz ele, que atualmente está solteiro, mas já viveu experiências assim no passado e, afirma, não foram nada boas.
“Nem sempre gestos ou meias-palavras são suficientes para se fazer entendida ou compreendida. O problema é que, na maioria das vezes, a mulher acha que somos obrigados a ‘decifrar’ o que ela está sentindo ou querendo. Mas não é bem assim que a coisa funciona. Penso que sem diálogo ou transparência não dá.”
O homem é diferente da mulher, tende a ser mais reservado por natureza, e a não perceber muita coisa ao seu redor. No relacionamento, é preciso buscar entender o lado de cada um. Ninguém tem o poder de saber o que se passa com o outro se este não expressar. É necessário falar, dialogar.
Assuntos como esse e tantos outros relacionados à vida a dois você confere diariamente pela TV Universal, no programa The Love School, exibido das 11h ao meio-dia, de segunda a sexta-feira; e aos sábados, ao meio-dia, pela Rede Record de Televisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário