14 outubro 2011

O amor renova a alma


O inevitável sempre pode acontecer, quem nunca se apaixonou por um amigo (a) ou achou que estava envolvida por ele?
Quem nunca alimentou um amor só por se sentir carente, quem nunca confundiu a amizade e admiração que sentia com o que muitos denominam como

paixão?
Lembro-me perfeitamente de tudo que um dia senti, tantos amores não amadurecidos vividos na adolescência !
Tudo muito colorido, muito intenso, quantas vezes achamos que jamais vamos amar novamente que aquela pessoa é única e insubstituível. E nos enganamos!
Hoje um pouco mais madura (o) enfim notamos, que todas essas sensações não passaram de experiências para o momento em que encontrássemos a " nossa

metade da laranja" e assim pudessemos varolizá-la.
Quantas aventuras, quantas noites a sonhar acordada e não durmir direito com a imagem idealizada do amor de nossas vidas, quantas músicas já nos marcaram e

que até nos dias de hoje quando escutamos bate aquelas recordações e sentimos algo que estava adormecido uma sensação boa de tudo que vivemos e deixamos

para trás por que não era o momento ou até mesmo não era pra acontecer realmente.
Viver é assim, um longo aprendizado. Às vezes praticamos o desapego outras apenas nos laçamos e não nos separamos...
Com as coisas boas somos felizes e com as ruins sempre aprendemos e muito afinal a dor sempre ensina, ninguém quer sofrer a mesma dor vezes seguidas...
Viver, aprender, ser feliz seeem limites !! Isso que importa! :)
O amor renova a alma, ame como se fosse morrer amanhã! As maiores alegrias somente é vivida por que se atreve.

(Luuana.sc)

Nenhum comentário:

Postar um comentário